LIPOASPIRAÇÃO
mitos e verdades

 

O aumento da mudança dos hábitos de vida e atividades físicas foram a grande transformação dos últimos anos. A rotina das pessoas nas últimas décadas tem incorporado a necessidade diária de doses de saúde a fim de aumentar os anos de vida e fazer com  que esses anos sejam vividos com mais qualidade. 
Porém, além da preocupação com a qualidade de vida, também aumentou a preocupação das pessoas de todas as faixas etárias com a aparência estética. Além de se manter no peso ideal e tornear os músculos nas academias, também houve uma procura maior pela cirurgia plástica, a fim de realizar alguns ajustes no corpo saudável. O número de cirurgias plásticas realizadas no Brasil cresceu exponencialmente tornando o país o primeiro no mundo na realização de cirurgias plásticas. Dentre elas, a lipoaspiração tem sido a mais procurada permitindo retirar depósitos localizados e um tanto incômodos daquelas gordurinhas. 
Convidamos a Dra. Marla De Aguiar, cirurgiã plástica Especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, para nos esclarecer sobre os cuidados e as vantagens desse tipo de cirurgia.

RN: O que é a lipoaspiração?
Dra. Marla: É a cirurgia plástica responsável pela retirada de depósitos de gordura. Ela é realizada por meio de cânulas cirúrgicas que, através de pequenas incisões na pele, permitem a aspiração e retirada das gorduras.
 
RN: Ela permite o emagrecimento?
Dra. Marla:  A lipoaspiração não é e não deve ser vista como uma forma de emagrecimento. A cirurgia é indicada para retirada de alguns depósitos localizados de gordura (Ex: abdômen, cintura, braços, coxas) permitindo melhora do contorno corporal. Porém, o volume lipoaspirado não deve exceder 7% do peso corporal do paciente, a fim de manter a segurança do procedimento.
 
RN: Quando ela deve ser indicada?
Dra. Marla: A melhor indicação e os melhores resultados são para pacientes que estão no peso ideal, ou pouco acima dele, e apresentam queixas de alguns depósitos localizados de gordura que prejudiquem o contorno corporal.
 
RN: Qual o tipo de anestesia para a lipoaspiração?
Dra. Marla: Dependerá da extensão das regiões e da presença de doenças prévias em cada paciente. A cirurgia pode ser realizada por meio de diferentes tipos de anestesia; por exemplo, é possível realizarmos lipoaspiração com anestesia local para pequenas áreas (Ex: pequeno depósito de gordura abaixo da região umbilical). Porém, na maioria dos casos, ela é realizada com anestesia peridural (a mesma anestesia realizada nas cesarianas) ou anestesia geral.

RN: A lipoaspiração é perigosa?
Dra. Marla: Como em qualquer cirurgia, a lipoaspiração não é isenta de complicações. Riscos são minimizados principalmente se o paciente procurar por um cirurgião plástico Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (o que quer dizer que o médico possui toda a formação necessária para a realização do procedimento) e realizar todos os exames solicitados no pré-operatório. Todos os cuidados orientados durante a consulta médica deverão ser seguidos rigorosamente a fim de que as complicações sejam minimizadas e, dessa forma, o procedimento torna-se o mais seguro possível.

RN: Homens também fazem lipoaspiração?
Dra. Marla: Nos últimos anos, a procura dos homens pela cirurgia plástica quadruplicou. A lipoaspiração é a cirurgia mais procurada por eles. Os homens apresentam algumas vantagens em relação às mulheres para a lipoaspiração, como o fato de possuírem uma pele mais espessa e que apresenta melhor retração mantendo-se mais firme após a cirurgia.

 

RN: A gordura retirada pode ser aproveitada em outra região?
Dra. Marla: Sim, é o que chamamos de Lipoescultura. A gordura retirada na lipoaspiração poderá ser tratada e reintroduzida no paciente em alguns lugares do corpo que precisem de mais volume. As áreas mais comuns para receberem essa gordura são: glúteos, quadris, cicatrizes deprimidas ou regiões da face que necessitam de preenchimento.
 
RN: A cirurgia é muito dolorosa?
Dra. Marla:  Leves a moderados incômodos poderão ser sentidos nos primeiros três dias após a cirurgia e eles dependerão da extensão da área abordada. Deixamos sempre analgésicos profiláticos, isso é, medicações que o paciente deverá tomar de horário nos primeiros dias, para evitar que qualquer incômodo seja sentido.

Dra. Marla De Aguiar

Cirurgiã Plástica Especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

www.marladeaguiar.com.br

DÚVIDAS?

ENTRE EM CONTATO

Entrar em contato

Av. Comendador Antônio Stocco, 155

 Parque Joaquim Lopes, Catanduva - SP

 

Segunda à Sexta 06:00 - 21:00

Sábado 09:00 - 12:00

Contato

17 3525-2509

17 98136-0006