LEITE

 

A osteoporose está muito generalizada em vários países do mundo. Dores, ossos quebrados, perda de mobilidade vão tomando conta da vida das pessoas mais idosas por causa dessa terrível doença. O que poucos sabem, é que essa doença pode ser causada por ingestão de LEITE. Alguns profissionais ainda receitam o leite, acreditando ser um tratamento eficiente para a osteoporose, porque supostamente o leite tem cálcio. Não só pelo leite, a osteoporose também é causada pela ingestão de carne. 
A moda agora é dizer que carboidrato é veneno e que a carne é benéfica e deve fazer parte da dieta no dia a dia, inclusive para perda de gordura e emagrecimento. Na nossa simples e modesta opinião, não é bem assim que funciona. Há anos nossos atletas consomem carboidratos complexos e de baixo índice glicêmico de maneira equilibrada e nos horários corretos, como por exemplo, 2 horas após o treino, apresentando uma elevada oxidação de gordura.
A carne, no processo digestivo, provoca acidez, ácido fosfórico. E neste tipo de acidez, o corpo é incapaz de funcionar de forma otimizada. Um organismo ácido gera inflamação e sabe-se que a inflamação é a causa de várias doenças. O organismo luta constantemente para manter a homeostase(equilíbrio), tem que manter um nível bem exato de alcalinidade versus acidez, lembrando que o PH do nosso sangue é 7,35 a 7,45. A maior parte das pessoas acometidas de câncer apresenta um pH no tecido de 4,5. Esse ambiente ácido é pobre em oxigênio e muito propício para instalação de câncer. Dr. Otto Warburg da Alemanha, ganhou o seu primeiro prêmio Nobel pela descoberta de que o câncer se desenvolve em ambiente de menor quantidade de oxigênio e esse ambiente é criado quando o pH é baixo(ácido). Procurem saber quanto é o pH do leite e da carne.
Quando o pH do sangue está baixo, as gorduras são aderidas às paredes das artérias causando doenças do coração como aterosclerose, infarto, doenças como hipertensão, diabetes, câncer, depressão, entre outras... Ao comer carne ou tomar leite, o nível ácido sobe muito e o corpo tem que equilibrar isso. Advinha o que o nosso organismo usa para equilibrar a acidez causada pelo consumo leite? O CÁLCIO!
E onde ele busca o cálcio? Nos OSSOS!
O cálcio não é absorvido a partir do leite porque no leite pasteurizado ou fervido, todas as enzimas estão ausentes e o corpo não pode usá-lo. Dessa forma, o leite contribui para o problema chamado OSTEOPOROSE. 
Uma boa opção é substituir o leite por um suco de cenoura combinado com vegetais verdes, fazer refeições com brócolis, couve ou verduras, eles possuem a capacidade de restaurar o cálcio dos ossos. Você pode precisar de um pouco mais de proteína, principalmente se treina de forma intensa, sugerimos usar um whey protein de qualidade que pode ser tomado pela manhã e após o treino. Um dos melhores laboratórios do mundo é a Glanbia Nutritionals que exporta sua matéria prima para várias marcas conceituadas embalarem(PROVON 292 ou THERMAX 690, isolados a partir de vacas não tratadas com hormônio).
Quanto a carne, abordaremos melhor em uma próxima postagem.
Referências:
Jianping Ye and Jeffrey N. Keller. Regulation of energy metabolism by inflammation: A feedback response in obesity and calorie restriction. AGING, June 2010, Vol.2 No.6

The Gerson Therapy: The Proven Nutritional Program for Cancer and Other Illnesses Paperback – October 1, 2001

DÚVIDAS?

ENTRE EM CONTATO

Entrar em contato

Av. Comendador Antônio Stocco, 155

 Parque Joaquim Lopes, Catanduva - SP

 

Segunda à Sexta 06:00 - 21:00

Sábado 09:00 - 12:00

Contato

17 3525-2509

17 98136-0006